As abelhas são importantíssimas para a humanidade. A sua importância maior não é produzir o mel e outros alimentos.

E sim a contribuição que elas dão às plantas em todo o mundo, com a polinização. Assim, elas geram uma enorme cadeia natural de flora, da qual a vida no planeta depende muito.

Elas desempenham um papel fundamental na biodiversidade. A agricultura global depende de 70% desse trabalho. A sua importância é tal que 70 de 100 produtos consumidos dependem da sua intervenção.

Além de produzir mel e outros produtos (geleia real, própolis, cera, etc) as abelhas também são importantes para a polinização das plantas, uma vez que elas transferem o pólen das partes masculinas de uma flor para as partes femininas de uma flor da mesma espécie, algo que é necessário para a reprodução de muitas plantas.

No Ananda Valley, sabemos a relevância das abelhas, e estamos a fazer nossa parte, cuidando do meio ambiente.

“Aqui, para cuidar das abelhas, sempre deixamos mel na colmeia, pois é o seu alimento no inverno. E também fiscalizamos as pragas, que quase todas as abelhas no mundo têm hoje em dia, a varroa. É um ácaro que se aloja no topo a cabeça das abelhas, que lhes debilita a saúde. De uma forma genérica, temos abelhas pois são muito boas para ter no ambiente. Um dos motivos é que polinizam as diferentes plantas, e ajudam a termos mais e melhores frutos”, diz Alexandre Ferreira, coordenador geral da quinta.

Na última semana, Aline e Marcelo, moradores da quinta, cuidaram das caixas das abelhas e puderam ver como elas estão.

As abelhas que vivem nas colmeias se dividem em três castas: rainha, operárias e zangões….

As operárias realizam todo o trabalho para a manutenção da colmeia, desde a faxina até a defesa da colmeia. Elas limpam os alvéolos da colmeia e as abelhas recém-nascidas, coletam néctar e pólen das flores, cuidam da alimentação das larvas, produzem cera para produção dos favos, elaboram o mel através da desidratação do néctar, produzem a geleia real, defendem a colmeia dos inimigos.

É incrivel a cooperação que acontece entre elas. Temos muito a aprender com esses seres. E muito a fazer pelo meio ambiente, para que elas sobrevivam

por Silvia Satyavati