CURIOSIDADES DA NOSSA QUINTA: FRAMBOESA

Entre as chamadas frutas pequenas, a framboesa é uma das espécies mais cultivadas aqui em Portugal.

E na nossa quinta em Ananda Valley, foi um dos frutos que começamos a plantar desde o
início.

Exóticas, as framboesas têm uma mistura de sucos ácidos e doces. As framboesas são da família das rosas, bem como dos morangos e das maçãs.

É uma fruta que pode integrar vários tipos de doces e sobremesas leves, que ganham cor e magia com a sua adição.

O vinagre de framboesa já foi um remédio popular para dores de garganta e uma base comum para bebidas de verão, diluídas com refrigerantes. Hoje ocupa um espaço sólido na preparação de marinadas e molhos para salada.

Benefícios para a saúde
Uma das propriedades nutricionais mais destacadas é a sua riqueza em vitamina C.

No início de 2012, uma equipa de cientistas americanos da Universidade Clemson nos EUA anunciou ao mundo que a aplicação direta de extratos de framboesa em células cancerígenas do estômago, cólon ou peito resultou na sua destruição.

Acredita-se que o efeito seja alcançado graças à presença de antioxidantes, como a vitamina C, mas outros compostos ainda a ser identificados poderão estar envolvidos. Os cientistas apostam no consumo desta fruta, cuja ação desintoxicante e diurética já foi comprovada.

Vitamina A: está disponível na forma de carotenos que ajudam a aumentar as defesas e proteger a visão.

Ácido fólico: as necessidades desta vitamina aumentam durante a gravidez, as framboesas são indicadas para futuras mães.

– Vitamina B7: Contribui para o organismo aproveitar o ácido fólico e trabalha a favor das unhas (ficam mais fortes) da pele (fica mais luminosa) e dos cabelos (crescem com mais vigor).
– Potássio e magnésio: O potássio impede a retenção de líquidos, regula a pressão sanguínea e tonifica os músculos. Em relação ao magnésio mantém ossos e dentes saudáveis.
– Fibra: As framboesas são ricas em pectina, um tipo de fibra que favorece o trânsito intestinal e ajuda a expelir toxinas.

O processo de plantação na nossa quinta:
Para ter sucesso na plantação, alguns aspectos devem ser tidos em consideração, como afirma Alexandre Ferreira, coordenador de voluntários.

É possível ter framboesas quase o ano todo numa estufa. Aqui na quinta as framboesas estão no exterior.

E com o clima da região, a produção acontece entre junho e outubro.

As framboesas são perenes, ou seja, duram muitos anos, o que nos faz plantar apenas uma vez e, em seguida, precisamos podar e limpar à volta outras ervas que vão crescendo.

Para preparar o terreno, inicialmente temos que limpar bem as ervas, colocar estrume e depois fazer uma cobertura do solo ao redor da planta para que outras plantas que competem com as framboesas não cresçam.

Este ano, 2020, estamos a experimentar pela primeira vez as sobras da prensa de azeitona utilizadas para fazer azeite.

A Cooperativa Agrícola
dos Olivicultores do Fundão deu-nos muito desse material, que para eles não tem valor comercial e, para nós, é ótimo para a terra.

Adicionamos estrume ao solo e também fertilizantes que produzimos com urtigas.
Periodicamente, também compramos fertilizantes biológicos.

O período de plantação aqui geralmente ocorre entre novembro e maio.

Nas áreas que não pegaram bem, às vezes fazemos replantação.

Para controlar as ervas daninhas, limpamos bem no inverno e colocamos cobertura no solo. Depende muito do clima de cada ano, mas normalmente usamos irrigação no final de maio e até outubro.

Durante o pico do verão, temos que regar todos os dias, mais que uma vez por dia.

Em relação à poda, temos que limitar o número de galhos de cada planta, pois, caso contrário, eles ficam no caminho um do outro e não produzem tanto.

E também temos que cortar os galhos que já produziram e que não produzirão mais ou que são muito frágeis e que nunca produzirão.

A colheita geralmente ocorre de junho a outubro de cada ano. Quando maduros, o fruto é libertado do centro sólido, que permanece como um cone branco e duro no caule.

Uma das dificuldades das frutas pequenas como framboesas é que elas têm um período de armazenamento muito curto. A partir do terceiro dia, elas começam a perder a sua estrutura. Elas conservam-se no frio entre 1°C a 2°C, idealmente.
Após 3 dias, se não as vendermos ou consumirmos, congelamo-las para consumo dos moradores de Ananda Valley ou fazemos geleias.

Existem muitas espécies de framboesas:

Remontant e non-remontant. Remontant é o nome da planta que floresce continuamente ao longo da estação ou cuja floração é repetida várias vezes ao ano.

Para maximizar a produção, várias podas são necessárias ao longo do ano.

Non-remontant é o oposto. A floração e a produção ocorrem apenas uma vez e na própria estação.

Aqui temos variedades de ambos os tipos, mas a maioria delas é Remontant.

Existem muitas lendas sobre as propriedades mágicas das framboesas.

Um mito alemão diz que um ramo da planta pode domar um cavalo enfeitiçado.

Todos nós que moramos aqui já estamos enfeitiçados.

Por Silvia Satyavati